‘Palavras desrespeitosas e ofensivas’, diz personal após entrevista de morador de rua

O personal trainer Eduardo Alves, casado com a mulher que teve relações sexuais com o morador de rua Givaldo Alves de Souza, após sofrer alucinações, emitiu uma nota de repúdio às declarações do sem-teto.
Em nota oficial, Eduardo criticou a reprodução das entrevistas do homem na imprensa e nas redes sociais, nas quais Givaldo dá declarações que expõem detalhes íntimos do momento em que ele se relacionou com a moça.
“Em resposta ao clamor midiático dado às palavras desrespeitosas e ofensivas do Sr. Givaldo Alves de Souza, em entrevistas concedidas a canais de TV aberta e jornais de grande circulação nos meios impressos e online, a família e as advogadas de Sandra Mara Fernandes expressam total repúdio a todas essas manifestações que vilipendiam a reputação e honra dessa vítima frente à sociedade”, inicia o documento.
O personal diz ainda que a esposa permanece internada em um hospitalar psiquiátrico da rede pública de saúde, onde recebe tratamento médico intenso para restabelecimento..