Vídeo mostra imagens de imóvel de luxo no Ceará como sendo residência alugada por Lula em São Paulo

Falso
É falso o conteúdo de um vídeo que circula no Kwai mostrando uma casa, alegando que teria sido alugada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). As imagens foram retiradas do canal no YouTube de um corretor imobiliário. Na verdade, o imóvel fica no Ceará e segundo o proprietário, o político nunca esteve na residência.
Conteúdo investigado: Vídeo de 1 minuto e 43 segundos mostra os detalhes de decoração e mobiliário de uma casa de alto padrão em um condomínio fechado. A gravação sobrepõe um áudio de um programa da Jovem Pan onde o apresentador e a comentarista falam sobre a casa que o ex-presidente Lula estaria alugando pelo valor de R$ 20.500,00 no bairro Alto de Pinheiros, na cidade de São Paulo.

Onde foi publicado: Kwai Video.

Conclusão do Comprova: É falso o conteúdo de um vídeo que circula no Kwai mostrando com detalhes o exterior e interior da suposta casa alugada pelo ex-presidente. A gravação de 1 minuto e 43 minutos de duração sobrepõe o áudio do programa Os Pingos nos Is, da Jovem Pan, para ilustrar a afirmação que o autor da publicação traz na legenda: “esse é o pai dos pobres, que colocou o povo na miséria e vive na ostentação e no luxo”.

O Comprova apurou que o vídeo é autêntico, mas teve seu áudio original substituído. O vídeo original foi gravado e divulgado por Thallys Rocha, corretor imobiliário que usa sua página no YouTube para divulgar as casas de alto padrão disponíveis para aluguel e venda em Eusébio, cidade na região metropolitana de Fortaleza, no Ceará.

No lugar do áudio original foi colocada a fala do apresentador Vitor Brown, da Jovem Pan, e da ex-jogadora de vôlei, Ana Paula Henkel, que participa como analista no programa Os Pingos nos Is. Durante o programa de 20 de maio de 2022, com 2 horas de duração, a partir de 1:17:43 até 1:24:36 ambos debateram o custo do casamento de Lula e fizeram críticas ao preço do aluguel da casa em que ele mora com a nova esposa, Rosângela Silva, em São Paulo. As críticas se baseiam nas declarações dadas por Lula no evento realizado em 5 de abril, na Fundação Perseu Abramo, na cidade de São Paulo, no qual afirmou:

“Eu quero uma casa. Eu quero casar. Eu quero ter um carro. Eu quero ter uma televisão. Não precisa ter uma em cada sala. Uma televisão já tá boa. Eu quero um computador. Eu quero um celular. Na medida que você não impõe limite, você faz com que as pessoas comprem um barco de US$ 400 milhões e compre um outro barco para pousar o seu helicóptero, sabe? O que faz uma pessoa com um barco de US$ 400 milhões? Nada”.

Essa parte da fala é usada na matéria da Jovem Pan, entretanto, o áudio original sofreu recortes. Dessa forma, parece que o vídeo foi utilizado pela emissora durante o programa e, ainda, pretende dizer que a casa na qual o ex-presidente está morando na cidade de São Paulo é a mesma mostrada nas imagens.

Alcance da publicação: O Comprova investiga os conteúdos suspeitos de maior alcance nas redes sociais. Até o dia 30 de maio, a publicação teve mais de 17,6 mil interações entre curtidas, compartilhamentos e comentários no Kwai Video, rede social usada para a divulgação de vídeos curtos.

O que diz o autor da publicação: O conteúdo analisado nesta checagem foi publicado no aplicativo Kwai Video. Com mais de 50 mil seguidores, o perfil costuma postar vídeos de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (PL), críticas ao ex-presidente Lula e ao Supremo Tribunal Federal (STF), dentre outros conteúdos.

O Comprova enviou uma mensagem para o autor da publicação pelo Kwai Video. O perfil de nome PSS (@) em nenhum momento se identifica e não disponibiliza em sua página outras formas de contato. Questionado se era o responsável por sobrepor o áudio ao vídeo e, se não fosse, como ele teria recebido o conteúdo, ele respondeu: “o vídeo não fala endereço, é baseado em ostentação e luxo de quem diz que o povo não pode ter nem sequer 2 TV”.

Como verificamos: O Comprova iniciou a checagem procurando o vídeo original no YouTube com o nome Thallys Rocha imob, que é o logo que aparece no conteúdo divulgado no Kwai. Em seguida, uma das primeiras opções que apareceram na pesquisa foi a casa de alto padrão que o vídeo disse que Lula teria alugado por R$ 20.500,00. Como o YouTube não permite o envio de mensagens, entramos em contato pelo e-mail que o responsável pela página, Thallys Rocha, disponibiliza na descrição de seu perfil. Após o contato inicial, conversamos com o corretor através do telefone.

O corretor nos passou o nome e contato do ex-proprietário da casa, com quem falamos. Além disso, a assessoria do ex-presidente foi procurada para responder se, de fato, Lula teria alugado ou comprado uma casa no Ceará e se poderia comentar sobre a residência alugada em São Paulo.

Proprietário diz que Lula nunca pisou na casa
As cenas da casa mostradas na postagem são de um canal no YouTube que pertence ao corretor imobiliário Thallys Rocha. As imagens foram usadas sem autorização. Ao Comprova, Thallys contou que o autor do post falso pegou trechos de um vídeo, em que ele anuncia um imóvel para a venda.

Vídeo publicado por corretor que divulga imóvel à venda no Ceará

Segundo Thallys, trata-se de uma casa localizada no Ceará, na cidade de Eusébio, região metropolitana de Fortaleza. “Na ocasião que eu havia filmado, pertencia a um empresário, que é o Júnior Sintonia. Nunca ouvi falar nisso daí, que era do Lula ou alguma coisa do tipo”, afirma.

A propriedade possui 650 metros quadrados de área construída em um terreno com 1000 metros quadrados. É composta por cinco suítes, dois lavabos, garagem para até 10 carros, projeto de geração de energia solar, espaço gourmet e uma piscina com hidromassagem.

O corretor considera a publicação falsa e confirma que a casa nunca foi alugada pelo ex-presidente Lula: “Eu nunca nem ouvi falar a história disso aqui na região, nem nada do tipo. Vale ressaltar também que este imóvel, ele estava sendo anunciado para venda, divulgado também com diversos corretores. Esse imóvel estava no mercado. Pelo menos até onde eu sei, nunca esteve para locação”.

O Comprova entrou em contato com Júnior Sintonia. O empresário explicou: “A casa era minha, ela foi vendida, mas posso lhe garantir que o Lula nunca pisou na casa. Esse vídeo aí que tá rolando é totalmente fake”.

Além disso, a reportagem também entrou em contato com a assessoria de imprensa do ex-presidente, a qual confirmou que o político não alugou nem morou em nenhuma casa no Ceará. Concluiu informando que não iria comentar sobre a residência atual do ex-presidente, alugada em São Paulo.

Áudios editados
Apesar do vídeo ser autêntico, o áudio original foi retirado e em seu lugar colocada a gravação do programa Os Pingos nos Is, da Jovem Pan. Entretanto, em sua edição original, o debate sobre o custo do casamento de Lula e sobre a casa que ele estaria morando em São Paulo tem cerca de seis minutos. No vídeo que circula no Kwai, o áudio do programa foi recortado para 1 minuto e 43 segundos.

Da maneira que foi editado, o vídeo que circula nas redes sociais faz parecer que a casa na qual o ex-presidente está residindo em São Paulo, no bairro Alto de Pinheiros, seria a que aparece na gravação.

Por que investigamos: O Comprova investiga conteúdos suspeitos que viralizaram nas redes sociais sobre a pandemia de covid-19, políticas públicas do governo federal e eleições presidenciais. O conteúdo investigado refere-se a um pré-candidato à presidência do país. Informações enganosas que envolvem atores políticos não contribuem para o processo democrático e ferem o direito do eleitor de escolher representantes com base em informações verdadeiras.

Uma informação falsa pode causar desequilíbrio no processo eleitoral e resultar em diferentes prejuízos.

Outras checagens sobre o tema: Recentemente, o Comprova mostrou que declarações “vazadas” de Lula sobre crise econômica são públicas e foram feitas em 2016; que foto de Bolsonaro em lancha com Elon Musk é montagem e que série sobre fome do JN foi ao ar antes da chegada do PT ao poder.

Correio 24hs

Deixe uma resposta