‘Tive uma atitude infeliz’, diz Ricardo Amadeu após agressão a jogador adversário

O auxiliar técnico do Vitória, Ricardo Amadeu, publicou em seu Instagram na manhã deste domingo (12) um pedido de desculpas após a agressão contra o atleta Yan Silva, do Atlético Cearense, durante a confusão na partida de sábado (11) à noite. O profissional foi flagrado pela transmissão da partida, feita pelo streaming DAZN, chutando o jogador adversário enquanto ele estava no chão.

A confusão se iniciou após Yan Silva se desentender com Eduardo, meia do Vitória, e os dois trocaram socos na beira do gramado. Ambos foram expulsos. Ricardo Amadeu também recebeu cartão vermelho, assim como o zagueiro Mateus Moraes. O árbitro Dênis da Silva Serafim relatou o caso na súmula.

"Venho a público para me desculpar e reconhecer o meu erro no acontecido do último sábado, no nosso jogo contra o Atlético Cearense. Após o desentendimento dentro de campo, que se transformou em uma confusão, no calor do momento me deixei levar e agi de uma forma que não me orgulho. Não cumpri com o meu papel e tive uma atitude infeliz", escreveu o auxiliar no post.

Veja aqui o momento da confusão na partida

Amadeu se desculpou com o atleta e comissão do Atlético Cearense, e com o elenco rubro-negro. "Então mais uma vez, peço desculpas aos atletas envolvidos na situação, ao time adversário, aos meus companheiros e toda a instituição do EC Vitória e torcedores, que sempre estiveram ao meu lado em todos os momentos , assim como aos fãs do futebol", conclui o texto.

A diretoria do Vitória comunicou na manhã deste domingo que irá multar Eduardo, Mateus Moraes e Ricardo Amadeu pelo episódio durante a partida de sábado.

Ricardo Amadeu é filho do técnico Carlos Amadeu, que faleceu em novembro de 2020, e também trabalhou no leão. Ricardo foi efetivado como auxiliar técnico do Vitória em abril de 2022 e comandou o Vitória na partida contra o Ypirang-RS na Série C desse ano.

Veja a nota de Ricardo Amadeu abaixo

Correio 24hs

Deixe uma resposta