Galpão com lixo mantido por acumulador compulsivo é esvaziado em Feira de Santana

A equipe de Limpeza Pública da Prefeitura de Feira de Santana esteve, na manhã desta terça-feira (19), em um galpão na rua F, no conjunto Feira VI, onde um amontoado de lixo era armazenado por um morador, para retirar todo o material acumulado. No local foram encontrados muitos sacos plásticos, garrafas e objetos velhos.
A equipe esteve no local a pedido da família de um ex-comerciante de 57 anos que é um acumulador compulsivo.
“Ele começou a juntar papelões pra vender. Quando percebeu que estava ganhando dinheiro com isso resolveu largar o próprio comércio”, relatou um dos filhos. Além da poeira e do mal cheiro, o lixo acumulado atraía insetos e roedores na vizinhança. “Procuramos ajuda na Prefeitura pra limpar o imóvel”, disse.

O dono do imóvel sofre da Síndrome de Diógenes. “São pessoas que criam afeto com as coisas e objetos sem utilidade e têm dificuldade em desfazê-lo. Começam com pequenos hábitos e com o tempo isso vira compulsão “, explica o psicólogo do CAPS (Centro de Apo..