Fundação de Pastor Isidório é denunciada por castigos a internos em matéria da Globo

A Fundação Doutor Jesus, do deputado federal Pastor Sargento Isidório (Avante), foi denunciada em uma reportagem do programa Fantástico, da TV Globo, neste domingo (19), por práticas que violam os direitos humanos.
A matéria diz que os dependentes químicos atendidos pela instituição são humilhados, sofrendo uma rotina de castigos, tendo sua orientação sexual reprimida, além de também não terem sua liberdade religiosa respeitada. Segundo um ex-interno, pessoas em surto ficam amarrados. “Ele amarra e coloca a pessoa lá na muriçoca”, contou
Os internos contam que são deixados em um espaço de castigo chamado de “corredor” quando fazem algo considerado errado, sofrendo também por receber menos comida. “Você não sai do corredor para nada. Só para ir no banheiro e beber água”, contou um deles, que teve identidade preservada. “Aí come arroz, três dias de arroz”. Outra punição para internos considerados indisciplinados é ler a Bíblia o dia todo.
As cenas mostram o Pastor Sargento Isidório,..