Soldado da PM é morto com tiro na cabeça enquanto trabalhava em Águas Claras

Um soldado da Polícia Militar foi morto enquanto trabalhava no bairro de Águas Claras, na noite deste sábado (7). Alexandre José Ferreira Menezes Silva levou um tiro na cabeça.

De acordo com informações da PM, duas viaturas com equipes da 3ª Companhia Independente (CIPM/Cajazeiras) estavam fazendo rondas de rotina na Rua Ulisses Guimarães quando, por volta das 22h, foram recebidas a tiros por um grupo de homens armados.

No tiroteio, dois soldados da PM ficaram feridos. Alexandre, que foi baleado na cabeça, e seu colega, Danilo Nunes Pinto Souza, atingido de raspão na orelha.

Alexandre foi socorrido pela própria viatura para o Hospital Eládio Lasserre e, após avaliação e primeiros atendimentos, foi encaminhado para o Hospital Geral do Estado, mas não resistiu e chegou à unidade de saúde já morto. Já Danilo passa bem.

Os PMs voltaram ao local do fato e conseguiram encontrar um carregador de fuzil com balas intactas e outras disparadas. Equipes do Grupamento Aéreo (Graer), Companhia Independente de Policiamento Especializado/Polo Industrial (Cipe Polo), Batalhão da Polícia de Choque (BPCHq), além da Companhia Independente de Policiamento Tático – Central (CIPT-C) e da 50ª Companhia Independente da PM (CIPM/Sete de Abril) foram mobilizadas e utilizaram drones de sensor térmico para localizar os criminosos, sem sucesso.

Ainda segundo a PM, o Departamento de Promoção Social, juntamente com o Departamento de Saúde da polícia "foram acionados e prestaram máximo apoio no acompanhamento de todo o atendimento ao policial militar nos hospitais mencionados e, posteriorment,e aos familiares enlutados".

O caso foi registrado na 13ª Delegacia (Cajazeiras), onde será investigado. Todo o material recolhido foi entregue na unidade.

Por fim, a PM disse ainda, em nota, que "está em luto pela partida precoce de mais um jovem integrante e se solidariza, compartilhando dessa dor imensa".

Correio 24hs

Deixe uma resposta