São Paulo quer fechar renovação do GP do Brasil com a Fórmula 1 ainda em maio

O Autódromo José Carlos Pace, localizado em Interlagos, na cidade de São Paulo, completará 80 anos nesta terça-feira (12). Como presente, a organização do GP do Brasil de Fórmula 1 pretende assinar a renovação de contrato por mais 10 anos com a direção da Fórmula 1 até o final deste mês de maio. O Rio de Janeiro corre por fora para receber a prova após o anúncio da construção do Autódromo de Deodoro.

“As negociações para renovar o contrato da F1 estão avançando bem e acreditamos concluir o processo também até o final de maio”, declarou Tamas Rohonyi, promotor do GP do Brasil.

No fim do ano passado, o jornal Estado de S. Paulo revelou que São Paulo pretende pagar a taxa anual de promoção à Fórmula 1 para ter a prova. O valor gira em torno de 20 milhões de dólares, o equivalente a R$ 115 milhões. O dinheiro viria de parceiros comerciais.

O Grande Prêmio do Brasil está marcado para o dia 15 de novembro, porém a pandemia do coronavírus fez com que o início da temporada 2020 de Fórmula 1 fosse adiado, além de algumas provas serem canceladas. A estreia do Campeonato Mundial foi remarcada para o dia 5 de julho com o GP da Áustria. Das 22 corridas previstas no calendário originalmente, a organização da categoria trabalha com a realização de 15 a 18 etapas.

Bahia Noticias


Deixe uma resposta