Salvador desobriga uso de máscaras em locais fechados; veja quais

A partir desta terça-feira (5), os soteropolitanos não são mais obrigados a utilizar a máscara de proteção facial contra a covid-19 em 14 tipos de espaços abertos e fechados. O novo decreto assinado pelo prefeito Bruno Reis desobriga o uso do item em locais como academias, barbearias, autoescolas e estádios de futebol.

De acordo com o documento publicado hoje no Diário Oficial do Município (DOM) a determinação vale para espaços com ventilação natural e onde deve ser observado o distanciamento social adequado. O uso de máscaras segue obrigatório nos ambientes fechados, exceto nos locais listados.

Vale ressaltar que alguns dos locais listados não aparecem explicitamente no documento, mas são resultados dos itens presentes em Dispositivos Finais alíneas e incisos de decretos publicados em 2020 e 2021.

  1. Academias de Ginástica;
  2. Parques Públicos;
  3. Circos;
  4. Parques Temáticos e de Diversões;
  5. Estádios de Futebol;
  6. Comércios de Rua;
  7. Clubes Sociais, Recreativos e Esportivos;
  8. Centros e Espaços de Convenções;
  9. Cursos Livres;
  10. Funcionalismo Público Municipal;
  11. Barbearias e Salões de Beleza;
  12. Autoescolas;
  13. Construção Civil;
  14. Praias.

Desobrigação em todo estado
O governador da Bahia anunciou a suspensão do uso obrigatório de máscaras em ambientes abertos, na manhã do último sábado (2). Em vídeo publicado no Instagram, Rui retira a máscara durante o anúncio e afirma que o decreto será assinado ainda neste sábado. Para o Governo do Estado, em espaços fechados, a exemplo do transporte público, a máscara segue obrigatória. Na ocasião, Bruno elogiou a decisão e defendeu uma ampliação da medida.

"Recebemos ontem à noite o parecer técnico da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) e hoje assino o decreto fazendo a liberação do uso de máscaras em ambientes abertos. Isso inclui estádios de futebol, por exemplo. Peço a colaboração de todos para que continuem se vacinando e usando máscaras em áreas fechadas, especialmente ambientes confinados, como ônibus, metrô e elevadores", disse o governador nas redes sociais.

Na última segunda (4), pela primeira vez desde o início dos registros de casos na Bahia, o estado ficou sem registrar nenhuma nova infecção pelo coronavírus.

Veja o decreto na íntegra:

Correio 24hs

Deixe uma resposta