Rio de Janeiro sofre com tempestade na capital e baixada fluminense

No último final de semana, fortes chuvas assolaram a Zona Norte do Rio e a região Metropolitana, resultando em sérias consequências. O prefeito do Rio, Eduardo Paes, decretou situação de emergência na capital às 15h, enquanto o balanço oficial dos bombeiros indicava 9 vítimas, sendo que a secretaria municipal de Saúde confirmou mais uma vítima de deslizamento, não inicialmente contabilizada. Duas pessoas continuam desaparecidas em Belford Roxo, somando-se a outros incidentes na região, como uma mulher desaparecida e uma criança em São João de Meriti.

Temporal no Rio de Janeiro deixa toda a cidade paralisada

O temporal provocou alagamentos em vias, afetou a operação de transporte público no Grande Rio e inundou o subsolo do Hospital Ronaldo Gazolla, deixando-o sem energia. O Centro de Operações Rio elevou o estágio operacional para o nível 4, o segundo mais alto na escala de riscos, mantendo-o até as 19h08 de domingo. Em Niterói, o alerta atingiu o nível máximo.

Temporal no Rio de Janeiro deixa toda a cidade paralisada – Superintendência da Policia Federal ficou debaixo dágua

Belford Roxo e Nova Iguaçu também decretaram situação de emergência, com mais de 100 desalojados e 15 desabrigados, respectivamente. A Defesa Civil registrou mais de 30 bolsões d’água, 15 pontos de alagamento e cinco quedas de árvores na cidade. A Avenida Brasil foi interditada, mas reaberta por volta das 11h30, com apenas a pista central no sentido Centro permanecendo interditada para trabalhos municipais. Já a Rodovia Washington Luís continuava bloqueada por alagamentos, gerando um grande congestionamento, com uma pista reversível operando em Duque de Caxias.

Temporal no Rio de Janeiro deixa toda a cidade paralisada – Superintendência da Policia Federal
Bairros completamente alagados em Jardim América, próximo a Av. Brasil

Deixe uma resposta