Rezende é exaltado por Guto Ferreira: ‘De zero a dez, nunca vai jogar abaixo de sete’

Recuperado de lesão muscular, o volante Rezende voltou a jogar pelo Bahia na última terça-feira (3), contra o Londrina, e mais uma vez teve uma atuação de destaque com a camisa tricolor. Após a partida, vencida pelo Esquadrão de Aço por 4 a 0, o técnico Guto Ferreira exaltou a capacidade do meio-campista. "A questão do Rezende, ele tá aqui desde o início do ano. Ele vem numa crescente que todo mundo sabe. Acaba o jogo, é só perguntar: nunca ele vai jogar abaixo de sete. De zero a dez, ele nunca vai jogar abaixo de sete. Ele tem um nível de marcação, de proteção, tem um posicionamento dentro de campo muito bom. Não é um cara tão ofensivo, dificilmente vai aparecer na frente para fazer um gol. Desarmar, servir e sustentar é o que ele faz muito bem", disse o treinador. Com a folga no placar, Guto Ferreira promoveu a entrada de jogadores formados na base tricolor, como o meia Gregory e o atacante Marcelo Ryan. O comandante tricolor falou sobre a importância de dar minutos aos jogadores, que podem se tornar importantes em um futuro próximo. "Vários jogadores, sempre que a gente tem condições a gente oportuniza, quando a gente está trabalhando o Bahia, foi assim na vez passada. No acesso não tinha jogadores com certa marturidade pra colocar, e aí só colocava o Éder. A torcida reclamava. Aí entrou 2017, começamos a colocar, recuperamos Jean, colocamos Becão, Capixaba, Marco Antônio e fomos filtrando os que foram se destacando. Marco Antônio vem se tornando uma das prinipais peças da nossa equipe. Hoje, no Bahia, tinham seis jogadores da sua base até sub-20 e, se contar Ignácio, que jogou no sub-23, foram sete jogadores que entraram em campo. Tinha Gabriel e Matheus Bahia. Busca de fazer um trabalho sério que possa fazer um legado no Bahia, de jogadores da casa, que valorizam o clube, que podem futuramente ser negociados para que possam respaldar o clube de alguma maneira, e isso tudo é um processo. O Gregory não jogava na equipe principal desde as partidas inicias do Campeonato Baiano, e voltou hoje com um outro nível. Entrou pelo lado, mas ele é jogador ali onde entrou e vem sendo um dos meninos que mais têm se destacado nos treinos. Temos outros para colocar. Borel fez um partidaço e terminou o jogo. Pouco de paciência dentro do processo. Borel não vai mais votar a ter isso? Vai. André também vai ser trabalhado para evitar acontecer o que já aconteceu, se vai responder é uma questão dele. Importante é que estamos fazendo o trabalho, dando ferramentas para que eles tenham a maior condição possível para entrar e ficar", disse. O Bahia chegou aos 13 pontos e lidera a Série B. Agora, os jogadores se preparam para reencontrar o Azuriz, pela Copa do Brasil. A partida vai ser na próxima terça-feira (10), às 20h30, em Pato Branco (PR).Bahia Noticias

Deixe uma resposta