Recuperado de lesão, Ronaldo fala sobre classificação na Copa do Nordeste

De fora da última partida do Vitória antes da paralisação do futebol, o goleiro Ronaldo está recuperado da lesão muscular e será titular na partida que marca o retorno do Leão na temporada, contra o Botafogo-PB, pela Copa do Nordeste, nesta quarta-feira, 22.

Considerado amuleto Rubro-Negro, por conta das belas atuações nos clássicos, o arqueiro falou sobre a chegada do goleiro César e declarou estar preparado para voltar a defender a meta do clube, em coletiva na manhã desta segunda-feira, 20, no Centro de Treinamentos (CT) Manoel Pontes Tanajura, em Salvador.

“Graças a Deus eu estava vindo de uma sequência muito boa, infelizmente acabei saindo por conta de uma lesão. Independente da chegada do César, acho que meu foco não depende dos outros, mas sim de mim. Claro que a chegada do César nos ajudou a manter nosso nível mais alto possível, mas meu foco vem de mim. Não necessariamente precisava trazer outro para brigar por posição para eu precisar focar. Nosso grupo é muito bom, principalmente nós que somos defensores da meta do Vitória e cada um se respeita, isso que é importante”, declarou Ronaldo.

Questionado sobre a responsabilidade de defender a meta do clube neste retorno, em meio à importantes jogos classificatórios pela Copa do Nordeste e Campeonato Baiano, Ronaldo fez questão de equilibrar responsabilidade entre o elenco.

“Me sinto muito tranquilo, acho que a responsabilidade não é só minha, mas de todo grupo. Não temos só um, dois ou três, a gente têm 35, 40 pessoas no grupo, que podem ajudar bastante. Então, eu acho que cada um tem que assumir sua responsabilidade, em prol do Vitória, para poder fazer uma boa partida e, primeiramente agora, classificar, que é o mais importante para seguir na competição”, avalia.

Sangue bom

Falando sobre a convivência com o goleiro César, anunciado pelo Vitória no início da temporada, Ronaldo exaltou as qualidades de grupo do companheiro. “É um cara muito tranquilo, muito sangue bom. A gente se respeita bastante, como eu já falei, chegou para somar bastante. É um cara muito parecido com a gente, que torce pelo outro, é um cara de grupo. Então ele vem pra ajudar bastante e que independente de quem jogue, é sempre para ajudar o Vitória da melhor maneira possível”, concluiu.

A Tarde

Deixe uma resposta