Presidente do Barça descarta volta de Neymar: ‘Quase assinou a escravidão. Por dinheiro’

O presidente do Barcelona, Joan Laporta, descartou um possível retorno do atacante Neymar, do PSG. Rumores de uma possível saída do brasileiro vem sendo especulada pela imprensa europeia. No entanto, ele tem contrato com o clube francês até 30 de junho de 2025. Devido aos altos valores da transação, o dirigente declarou que um negócio só poderia ser feito, caso o atleta estivesse livre o mercado. "Quem não ama Neymar? Ele é um jogador excepcional, mas tem mais quatro ou cinco anos de contrato com o PSG. Só poderia voltar algum dia caso viesse livre. Seria irracional pagar pela transferência de um jogador que já foi nosso", declarou em entrevista ao jornal catalão L'Esportiu. "Esses jogadores que assinaram com clubes como o PSG quase assinaram sua escravidão. Por dinheiro", completou. Neymar atuou no Barça entre 2013 e 2017 após ter sido comprado junto ao Santos, onde foi revelado. Ele deixou o clube espanhol contratado pelo PSG por 222 milhões de euros, a maior transação na época. No último sábado (21), o atacante Mbappé renovou o contrato com o PSG. O francês chegou a ser especulado como possível reforço do Real Madrid, mas optou por seguir no clube francês. Os valores do novo acordo não foram revelados, mas segundo alguns veículos de imprensa, o atleta embolsará até 600 milhões de euros, o equivalente a R$ 3 bilhões, entre salários, luvas e premiações por três anos de contrato. "Este tipo de movimento distorce o mercado. Os jogadores acabam por ser sequestrados por dinheiro. São os efeitos de ter o Estado por trás. Do nosso ponto de vista, o nosso rival direto não se conseguiu reforçar e preferimos assim na altura de competir. Eu fico com a sustentabilidade no futebol", pontuou Laporta. Na temporada de 2021/2022, o Barcelona ficou com o vice-campeonato espanhol ao terminar com 73 pontos, 13 a menos do que o rival Real Madrid, que levantou a taça. Na Liga dos Campeões, o time catalão amargou a eliminação na primeira fase e foi disputar a Liga Europa, onde caiu nas quartas de final ao perder o confronto para o Eintracht Frankfurt, com derrota em casa por 3 a 2, no jogo de volta.Bahia Noticias

Deixe uma resposta