Presidente do Bahia aponta desafio de Ednaldo Rodrigues para ‘zerar conflitos’ na CBF

Após a eleição de Ednaldo Rodrigues como presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) até 2026, o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, revelou nesta quarta-feira (23) a expectativa por uma gestão que pacifique a entidade. Na opinião do mandatário, as brigas internas prejudicam o andamento do futebol nacional. Ainda segundo o dirigente, o Esquadrão irá apoiá-lo nesse sentido. "Vejo com muita expectativa porque acho que o discurso mostrou qual é o grande desafio, que é pacificar a Confederação Brasileira de Futebol, que viveu nos últimos anos um conflito muito grande, isso afeta a qualidade do futebol, nas competições, a gestão dos clubes… Isso é ruim internamente e para a imagem do futebol. Ele chega com o desafio de zerar conflitos e fazer uma gestão de paz e harmonia, o que a gente mais defesa. A CBF precisa de um presidente que saiba conduzir o barco com tranquilidade. Dei a ele meu abraço e disse que o Bahia vai apoiar para que ele siga nesse propósito", disse, em entrevista ao Bahia Notícias. Ednaldo Rodrigues foi eleito com 137 votos, dos 141 possíveis, sendo 26 das federações que tem peso três, 20 dos clubes da Série A com peso dois e 19 da Série B com peso um. Apenas a entidade estadual de Alagoas não compareceu no pleito. Enquanto a Ponte Preta teve um problema com a procuração e não pôde votar.Fonte: Bahia Notícias

Deixe uma resposta