Prefeito avalia que liberação de máscaras é importante à retomada de rotina

Prefeito de Salvador, Bruno Reis comemorou a liberação da obrigatoriedade do uso da máscara em ambientes abertos anunciada pelo governador da Bahia, Rui Costa, no início da tarde deste sábado (2). Ele avaliou que a liberação é um passo importante para que a população retorne à vida e rotina pré-pandemia.

Bruno Reis se demonstoru feliz com a medida, algo que já vinha defendendo há cerca de um mês para Salvador, chegando a pedir que o Governador, caso não se sentisse à vontade para decretar a liberação, passasse a autonomia para os municípios decidirem.

"Fico feliz com essa medida, algo que já vinha defendendo há algum tempo para Salvador, devido às condições favoráveis e seguras que a capital baiana oferece para isso, diante da baixa no número de casos e do avanço da vacinação na capital", disse Bruno Reis.

O prefeito se mostrou otimista para os próximos passos da vida em relação ao coronavírus: "esse é mais um passo importante para ficarmos livres de vez do coronavírus, mas ainda é necessário que a população colabore utilizando a máscara em ambientes fechados e, mais do que nunca, que procurem os postos de saúde para completar o ciclo vacinal e preservar a própria vida e a de todos", avaliou Bruno Reis.

O governador da Bahia anunciou a suspensão do uso obrigatório de máscaras em ambientes abertos, na manhã deste sábado (2). O anúncio foi feito durante visita de Rui Costa a cidade de Brejões, no interior do estado.

"Recebemos ontem à noite o parecer técnico da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) e hoje assino o decreto fazendo a liberação do uso de máscaras em ambientes abertos. Isso inclui estádios de futebol, por exemplo. Peço a colaboração de todos para que continuem se vacinando e usando máscaras em áreas fechadas, especialmente ambientes confinados, como ônibus, metrô e elevadores", disse o governador nas redes sociais.

Os detalhes sobre o assunto estarão no decreto que será publicado no Diário Oficial do Estado.

Correio 24hs

Deixe uma resposta