Preço médio da gasolina na Bahia é o mais caro do Brasil, diz ANP

O preço da gasolina voltou a subir nos postos de combustíveis do país. Segundo dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a média nacional do litro da gasolina foi de R$ 7,247 nesta semana entre segunda-feira (5) e este sábado (11). Na semana anterior era de R$ 7,218. Mas a situação é ainda mais preocupante para o consumidor baiano, que pagou pela gasolina mais cara do Brasil.

A Bahia registrou o preço médio de R$ 7,972 por litro de gasolina, o maior dentre todas as unidades federativas, o que representou uma elevação de 5,21%, quando comparada com última semana.

O segundo lugar ficou com o estado do Piauí, que registrou o custo médio de R$ 7,960. A região Nordeste, inclusive, foi a mais afetada pelo aumento do preço do combustível, com uma média de R$ 7,494. Em sequência vem o Centro-Oeste (R$ 7,403), Norte (R$ 7,212), Sudeste (R$ 7,160) e Sul (R$ 7,073).

Na capital baiana a situação também não é das melhores. Os consumidores de Salvador tiveram que desembolsar R$ 7,948 pelo litro da gasolina, o que representa um acréscimo de 9,54%, o maior dentre todas as capitais.

Já quem opta trocar a gasolina pelo álcool também se deparou com preços salgados. O preço médio do etanol foi de R$ 6,266 na Bahia, sendo o terceiro mais caro do país, mas o que teve a maior elevação semanal, de 7,66%. Em Salvador, por sua vez, o litro do etanol foi vendido a R$ 6,346, também em terceiro entre as capitais, mas com o maior crescimento semanal, de 12,66%.

O diesel e o botijão gás também aumentaram, sendo encontrados por R$ 7,263 e R$ 106,572, respectivamente. Na semana anterior eram encontrado por R$ 6,951 e R$ 105,34.

Correio 24hs

Deixe uma resposta