Planalto procura Lira após Lula preterir aliado do deputado para o TST

Integrantes do Palácio do Planalto procuraram o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), após o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) preterir um candidato apoiado pelo deputado para uma vaga no Tribunal Superior do Trabalho (TST). Na terça-feira (30), Lula decidiu nomear o advogado mineiro Antonio Fabrício de Matos Gonçalves como ministro do TST. Com a decisão, o petista preteriu o alagoano Adriano Avelino, nome apoiado por Lira para a vaga. Antes mesmo de Lula tornar pública sua decisão, o ministro-chefe da Casa Civil, Rui Costa, procurou o presidente da Câmara para informar que outro candidato seria escolhido para a Corte trabalhista. As informações são do Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias. Na conversa, Rui explicou que Lula não tinha como nomear Avelino em razão do histórico de apoio do advogado a Jair Bolsonaro e de ataques ao atual presidente da República e à ex-presidente Dilma Rousseff.Fonte: Bahia Notícias

Deixe uma resposta