Piqué pode ser cortado do Barça pelo comportamento extracampo

O contrato de Piqué com o Barcelona vai até 2024

Após o anúncio da separação de Gerard Piqué e da cantora Shakira, o nome do zagueiro do Barcelona segue sendo falado na imprensa espanhola e sendo vinculado a polêmicas. Dessa vez, o jornal Sport divulgou que o técnico do Barça, Xavi Hernández, teria comunicado ao atleta que não contará com ele para a próxima temporada e que Piqué estaria livre para negociar com outro clube.

O motivo do rompimento entre o atleta e o clube catalão é o comportamento do zagueiro no extracampo, que parece ter desagradado o treinador. Xavi é conhecido por ser um técnico linha dura e que cobra disciplina de seus atletas, desde os treinos no clube até os momentos de lazer e alimentação nas folgas. O contrato de Piqué com o time vai até 2024.

Além disso, o zagueiro tem uma vida ativa no mundo dos negócios. Uma das suas empresas, a Kosmos Holding, é dona do time FC Andorra, e atua também no mercado esportivo do tênis e de produção audiovisual. Isso também teria preocupado Xavi.

No último mês veio à tona a notícia de que o zagueiro teria traído a então esposa, a cantora colombiana Shakira, e que o casamento de 13 anos teria chegado ao fim. Jornais europeus relataram na época que Piqué havia sido flagrado em baladas de Barcelona e que sua rotina nos treinos teria sido afetada, já que o atleta descansava pouco fora do clube.

Na sequência, uma polêmica surgiu nas redes sociais de que a mulher envolvida na traição de Piqué e Shakira é a mãe do jovem jogador do Barcelona, Pablo Gavi. A informação não foi confirmada pelo jogador.

Xavi e Piqué foram companheiro de time e jogaram juntos pelo clube catalão durante sete temporadas. Juntos, conquistaram 21 títulos pelo Barça, entre eles cinco campeonatos espanhóis e três Liga dos Campeões, além de uma Copa do Mundo com a seleção da Espanha.

Correio 24hs

Deixe uma resposta