Páscoa com chuva: 49 solicitações foram feitas à Defesa Civil neste domingo

As fortes chuvas que atingiram Salvador neste domingo foram responsáveis por 49 solicitações da população feitas à Defesa Civil de Salvador (Codesal), até às 19 horas. O pedido de avaliação da área foi o mais realizado (11), seguido por ameaça de desabamento (9) e deslizamento de terra (8).

Além disso, foram sete avaliações de imóveis alagados, três infiltrações, um desabamento de blocos de pedreira, um desabamento parcial e uma pista rompida. As regiões da capital baiana com mais solicitações à Codesal foram Liberdade (14), Subúrbio/Ilhas (13) e Centro/Brotas (7).

Segundo informações da subcoordenadora de Monitoramento e Análise das Ações Climáticas e Sistemas de Alerta da Codesal, Nicoly Lima, em abril já foram registrados 145,4 mm na cidade. O volume equivale a 51% da média histórica do mês – que é de 284,9 mm.

Os maiores acumulados de chuvas em 24 horas, atualizado às 17h30, foram registrados em São Cristóvão (84,8mm), Monte Serrat (68,7mm), Calçada (65 mm) e Cajazeira VIII (64 mm), segundo a Defesa Civil.

A previsão é de que a frente fria continue a causar chuvas fortes em Salvador até a sexta-feira (22). O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) aponta alerta laranja de chuvas e ventos intensos na capital.

Em algumas regiões da cidade houve a formação de neblina, resultado da condensação da umidade antes da chegada na atmosfera. O fenômeno que ocorre geralmente sobre lagos não é comum em Salvador e ocorre por conta da alta da umidade na superfície.

A Codesal, que integra a categoria de serviços essenciais do município, permanece de plantão 24 horas atendendo às solicitações pelo telefone gratuito 199.

Correio 24hs

Deixe uma resposta