Parque de Pituaçu receberá plantio de 200 mudas nativas da Mata Atlântica

O parque de Pituaçu, em Salvador, receberá o plantio de duzentas mudas nativas em ação realizada pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), o Instituto do Meio Ambiente e Recurso Hídricos (Inema), em parceria com a Bracell. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (20), durante o lançamento do Inventário de Gases de Efeito Estufa do Estado da Bahia.

O parque, que é uma importante área de preservação na capital do estado, possui áreas indicadas para restauração da Mata Atlântica. O plantio das mudas nativas tem o objetivo neutralizar o carbono emitido durante o evento, a partir do deslocamento do público para o evento, da energia gasta e nos resíduos produzidos.

Durante o evento, foi anunciado pela secretária do Meio Ambiente do Estado da Bahia, Márcia Telles, que o evento adotou o CO2 Free. A ação foi possível por meio da parceria com a Novo Olhar Sustentabilidade, que calculou o volume de Gases de Efeito Estufa (GEE) emitido para realização do encontro.

“Para neutralização desta emissão é necessário o plantio de 14 árvores. Fizemos além, com o apoio da Bracell, serão plantadas 200 árvores de espécies nativas de Mata Atlântica, compensando o total de emissões do evento e garantindo ainda um crédito de carbono de 26,6 toneladas de CO2”, explicou a secretária Márcia Telles.

A Bracell, que faz parte do grupo RGE com operações globais de manufatura baseadas em recursos naturais, fará o plantio no segundo semestre de 2022. “Ampliando o quantitativo de mudas plantadas potencializamos o impacto positivo dessa iniciativa na restauração da Mata Atlântica no Parque de Pituaçu, importante bioma da região", pontua Joedson Silva, coordenador de Meio Ambiente e Certificações da Bracell Bahia, que participou do encontro acompanhado do analista de Meio Ambiente, Carlos André dos Santos.

O lançamento do inventário contou com a presença da Secretária do Meio Ambiente do Estado da Bahia (Sema), Márcia Cristina Telles, da diretora-geral do Inema, Daniella Fernandes, do secretário executivo da organização ICLEI América do Sul – Governos Locais pela Sustentabilidade, Rodrigo Perpétuo, do superintendente de Políticas e Planejamento Ambiental da Sema, Tiago Porto, da Superintendente de Inovação e Desenvolvimento Ambiental da Sema-BA, Vânia Almeida, e da promotora do Ministério Público da Bahia (MP-BA), Aline Salvador.

Na ocasião, foram apresentados dados do monitoramento climático na Bahia e os resultados do Inventário de Gases de Efeito Estufa do Estado, que é um instrumento essencial para fortalecer as estratégias de redução nas emissões e consequente mitigação das mudanças climáticas.

Correio 24hs

Deixe uma resposta