Novo posto da Polícia Rodoviária Federal vai auxiliar no combate à criminalidade na Bahia

“Segurança pública, saúde e educação são políticas do povo, da população, e não do Estado. Os interesses políticos não podem prevalecer ao interesse público, em especial nessas três áreas”, declarou o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, durante a inauguração da Delegacia da Polícia Rodoviária Federal em Paulo Afonso (BA), realizada nesta quinta-feira (7).

Com investimento de R$ 1,5 milhão, essa é uma das 95 obras autorizadas pelo Governo Federal para o fortalecimento da Polícia Rodoviária Federal. “O meu compromisso com o presidente Jair Bolsonaro é cuidar e reaproximar a justiça brasileira do Ministério da Justiça e Segurança Pública, é fazer uma transformação, uma revolução na segurança pública do nosso Brasil. Hoje, vemos um exemplo disso”, afirmou o ministro Anderson Torres.

Durante o evento, Anderson Torres, o diretor-geral da PRF, inspetor Silvinei Vasques e o superintendente substituto da PRF na Bahia, Sérgio Freitas, ainda assinaram um termo de autorização para dar início às obras das Unidades Operacionais da PRF. Serão contempladas as cidades baianas de Bendegó, Correntina, Rafael Jambeiro, Simões Filho e a atual sede estadual da Superintendência da PRF, em Salvador.

De acordo com Silvinei Vasques, a PRF já realizou mais de 40 obras no ano passado e o Governo Federal tem reforçado os investimentos. “Desde 2019, o fortalecimento da Polícia Rodoviária Federal tem gerado resultados expressivos. Já são quase 2 toneladas de drogas apreendidas, 120 mil criminosos presos, 31 mil veículos recuperados, entre outros. Valorização do profissional e fortalecimento dos órgãos de segurança pública são prioridades da nossa gestão”, enfatizou.

O ministro da Cidadania, Ronaldo Vieira Bento, também destacou a importância do trabalho do profissional da segurança pública, principalmente no combate à criminalidade no país. “Por ser um ministro da área da segurança pública, Anderson Torres tem se comprometido com a valorização do policial. Por isso, temos, cada vez mais, índices da segurança pública dando orgulho para nós, enquanto nação”, destacou.

Correio 24hs

Deixe uma resposta