No Limite volta com promessa de ser mais extremo e sem benefícios

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – "Haverá bastante perrengue, cortamos os benefícios". É dessa forma que o diretor artístico LP Simonetti descreve a nova temporada de No Limite, que estreia na Globo nesta terça (3). A ideia é corrigir o curso do reality que estreou no ano 2000 como a proposta de ser extremo e radical, mas virou quase uma gincana de escola na edição de 2021.

A grande novidade é o atleta e ex-BBB Fernando Fernandes, 41, como apresentador –no lugar de André Marques, que ocupou o posto no ano passado. "Quem pensa que vai ter moleza está enganado, já que nem o apresentador terá. Será a temporada mais extrema, mais desafiadora e intensa", diz Fernandes.

Empolgado, Fernando conta que se preparou para esse desafio como se fosse uma final de canoagem, esporte pelo qual é tetracampeão mundial. "Esse é o momento mais importante da minha vida, quando faço a transição do atleta com o conhecimento adquirido para o de comandante de um programa como esse. É hora de colocar tudo em prática. Tudo o que eu tinha para dar estará aqui."

Além do atleta, a ex-BBB Ana Clara, já conhecida por sua atuação na Rede BBB, também terá um quadro dentro do reality. Após as duas eliminações da semana, sempre às terças e quintas, os competidores que deixarem a competição retornarão para um bate-papo com ela aos domingos, depois do Fantástico.

Os 24 participantes, que já foram conhecidos pelo público e que buscam o prêmio de R$ 500 mil, deverão passar por duas provas a cada programa em um cenário de dunas e bastante selvagem, mas cuja localização é mantida a sete chaves pela direção.

Na dinâmica do jogo, as duas tribos se enfrentam na Prova de Privilégios, onde garantem alguns itens básicos para o acampamento, e em outra de imunidade. Ao final, o grupo que perder o segundo desafio encara o Portal de Eliminação e a equipe precisa votar em um dos seus para deixar a competição.

"Sinto que nesse ano os competidores se prepararam ainda mais, pois são fãs do programa. Com certeza sabem que será difícil, mas não têm ideia do que vão encontrar. É selva, é rústico, é natureza, bichos, condições extremas. Quem não estiver preparado não vai sobreviver", explica Fernandes.

"Na região que estamos, pode começar com sol de rachar e cair uma tempestade após 20 minutos. Próximo deles teremos mangue, praia, rio, coqueiral, insetos. Os acessos são complicados e tudo isso influencia na vida dos participantes", completa Simonetti. Apesar disso, os holofotes da edição estarão na convivência dos grupos, onde costuma acontecer as principais brigas e confusões.

"Todo mundo quer vencer, ninguém fará corpo mole", disse a diretora geral, Angélica Campos, sobre o elenco competitivo. "E a volta com anônimos depois de um No Limite só com ex-BBBs foi um pedido do público. Estamos de olho no que ele quer assistir e decidimos reatar nossas raízes".
NO LIMITE

Quando: Às terça e quintas, após "Pantanal", e aos domingos, após o Fantástico
Onde: Na Globo
Classificação: 14 anos

Noticias ao Minuto

Deixe uma resposta