Neto Baiano sobre derrota no Nordestão: ‘Estou envergonhado’

O Vitória amarga uma crise fora e dentro de campo. A derrota para o Botafogo-PB, por 3×1, no Barradão, pela Copa do Nordeste tornou o ambiente ainda mais conturbado e complicou a situação do Leão no torneio. Ainda sem vencer no regional, o Vitória é o quinto colocado do Grupo A, com apenas quatro pontos.

Após a derrota para a equipe da Paraíba, o atacante Neto Baiano lamentou o resultado e o desempenho do time. “Não tem o que falar. Desculpa, não posso. Eu, como gosto desse clube, se falar, falo como torcedor.

É difícil dar qualquer palavra. Complicado. É trabalhar, porque tem o Ba-Vi, não pode acontecer isso. A responsabilidade… A gente não tem que botar a culpa na diretoria, é do jogador. Não é só técnico. A gente tem que jogar em campo. Técnico só escala.

A diretoria só contrata. Não podemos jogar… Tem que ser cobrado, não só a diretoria. Tem que cobrar os jogadores, como aqui sempre foi. Não pode ser diferente. Não a diretoria. Os jogadores têm culpa”, afirmou Neto Baiano, que entrou no decorrer da partida. O centroavante pediu desculpas à torcida pela decepção dentro da casa rubro-negra. “Não posso aqui, como jogador mais experiente, botar a responsabilidade na equipe. A gente tem que trabalhar.

Quero, como líder, pedir desculpa à torcida. Tem que pedir desculpa. Estou envergonhado. Não pode acontecer isso. Tem que correr mais.

Porque, desse jeito, jogar o Ba-Vi assim é complicado”. O Vitória volta a entrar em campo no Ba-Vi de domingo (10), às 16h, na Fonte Nova, pelo Campeonato Baiano, torneio que lidera.

Correio

Deixe uma resposta