‘Não estou aqui porque fico de gracinha’, diz Richarlison sobre convocação da Seleção

Ausente das últimas três convocações, o atacante Richarlison está volta à Seleção Brasileira para os próximos dois jogos das eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. O Brasil encara o Chile na próxima quinta-feira (24) e cinco dias depois visita a Bolívia. Um dos primeiros a se apresentar, o jogador deu declarações fortes na entrevista coletiva desta segunda-feira (21) e se disse triste por alguns repórteres e comentaristas o vejam fora da lista final para a disputa do Mundial no Catar. "Não estou aqui porque fico de gracinha!", declarou. "Fiquei com sentimento de tristeza, porque fiquei fora por causa de uma lesão que foi séria. E muitos repórteres e comentaristas já me viam fora da Copa do Mundo. E eu estava tranquilo porque sei do meu talento, do meu potencial. Querendo ou não, já tenho um histórico aqui com a camisa da Seleção. Acho que devia também ter um pouquinho de respeito também, a gente trabalha duro, trabalha sério. Eu estava totalmente tranquilo. Claro que a gente viu a evolução dos novos jogadores que chegaram. Querendo ou não a concorrência cresceu bastante", afirmou. Campeão olímpico em Tóquio-2020, Richarlison apareceu em 14 das 17 listas de convocações do técnico Tite. Porém, viu a concorrência aumentar durante o período que ficou ausente. Ele admitiu que tem atuado melhor no Everton, clube onde joga, do que no time Canarinho, mas confia no seu potencial na disputa por uma vaga no elenco que irá à Copa. "A gente está falando de seleção brasileira, então todo dia surge um atacante novo aí. A minha posição está com a disputa bem grande. Estou na seleção não é porque eu fico de gracinha ou porque brinco com meus companheiros, mas porque jogo meu futebol no Everton. Quando venho aqui, dou minha vida, faço meus gols. Visto essa camisa com alegria e venho para cá fazer o meu trabalho da melhor maneira", disse. Já classificado à Copa do Mundo, o Brasil é o líder isolado da tabela das eliminatórias com 39 pontos, quatro a mais do que a Argentina, que é a segunda colocada e também já carimbou o passaporte para o Catar. O time Canarinho encara o Chile, no Maracanã, a partir das 20h30, pela 17ª rodada.Fonte: Bahia Notícias

Deixe uma resposta