MP investiga contratação de Gusttavo Lima por R$800 mil na menor cidade de Roraima

O Ministério Público de Roraima (MPRR) abriu uma investigação após a prefeitura de São Luiz, menor município do estado, contratar Gusttavo Lima por R$800 mil. O evento está previsto para acontecer em dezembro, durante uma tradicional vaquejada da região.

A cidade, entretanto, tem pouco mais de oito mil habitantes, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Portanto, o valor equivale a um cachê de aproximadamente R$100 por cada morador, incluindo crianças e adultos.

Em nota enviada ao portal Splash, o MPRR informou: “A Promotoria da Comarca expediu ofício para o Município de São Luiz, solicitando informações a respeito da contratação do show, de como os recursos foram arrecadados e também se haverá retorno para a municipalidade. O MPRR aguarda a resposta do Município para, então, adotar as medidas necessárias”.

O prefeito James Batista (Solidariedade) também se pronunciou sobre o assunto em texto divulgado pelo G1. “Não brincamos com o dinheiro público, pois ao contrário do que muitos pensam, o evento trará receitas diretas para as contas do município que permitirão o pagamento de todas as despesas, incluindo os cachês dos artistas”, informou.

De acordo com o político, a cidade está preparada para mostrar o planejamento do evento. Também defendeu que muitas pessoas fazem críticas “infundadas” por causa da falta de conhecimento sobre São Luiz.

Correio 24hs

Deixe uma resposta