Moro desiste da presidência e pode ser candidato a deputado federal

Sergio Moro deixou o Podemos hoje e se filiou ao União Brasil, partido presidido pelo deputado Luciano Bivar. Ao mudar de legenda, o ex-juiz disse aos dirigentes do União Brasil que desistiria da candidatura a presidente e poderia ser candidato a deputado federal ou mesmo ao Senado, caso ele mude o domicílio eleitoral para São Paulo.

Moro vinha encontrando dificuldades de manter sua candidatura dentro do Podemos. A direção do partido chegou a mostrar que teria dificuldades financeiras para manter sua caminhada à presidente. Com isso, o ex-juiz preferiu negociar a filiação ao União Brasil, com a garantia de ter mais recursos para uma candidatura, mesmo que seja a deputado, já que alguns líderes da nova sigla rejeitavam sua candidatura a presidente.

A partir de agora, Moro pode ser um personagem importante na negociação de uma candidatura forte da terceira via, que contaria com a participação de João Doria, pelo PSDB, de Simone Tebet, pelo MDB, e Luciano Bivar, pelo União Brasil. As negociações entre eles pode levar à discussão de um melhor nome de todos esses partidos para a escolha de um nome único para romper com a polarização entre o petista Lula da Silva e Bolsonaro. Istoé

Deixe uma resposta