Mesa Diretora da Alba dicide dar prosseguimento à representação contra Capitão Alden

Conselho de Ética terá de emitir parecer em até 60 dias sobre o caso.

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) decidiu nesta quinta-feira (13), por unanimidade, dar prosseguimento à representação ao Conselho de Ética da Casa contra o deputado estadual Capitão Alden (PSL). Alden acusou, sem apresentar provas, os parlamentares de oposição de receberem R$ 1,6 milhão da prefeitura de Salvador.

Uma fonte da Alba confirmou ao bahia.ba a decisão de dar prosseguimento na representação contra o deputado. Agora, o Conselho de Etica deverá emitir um parecer em até 60 dias.

O Conselho de Ética da Alba é presidido pelo deputao Marquinho Viana, que declarou recentemente ao bahia.ba que a Casa “tem um sentimento de que tem que ter alguma punição”. O pedido contra o deputado bolsonarista foi protocolado pela oposição no dia 28 de abril. bahia.ba

Deixe uma resposta