Marcada para esta quarta, eleição na CBF é suspensa pela Justiça de Alagoas

A eleição para a presidência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) foi suspensa, nesta terça-feira (22), pela Justiça de Alagoas. O pleito estava marcado para esta quarta-feira (23), com candidatura única do atual presidente interino, Ednaldo Rodrigues. A decisão atendeu a um pedido do vice-presidente Gustavo Feijó, rival político de Ednaldo. De acordo com o Uol Esporte, ele alega que foi retirado do cargo com antecedência e que a assembleia para a definição das regras eleitorais foi ilegal. Na ocasião, os clubes da Série A se reuniram com as federações estaduais na Assembleia Geral da CBF. Feijó argumenta que o encontro não teve participação dos clubes da Série B e dos times de futebol feminino, como prevê a Lei Pelé. Ainda segundo o Uol, a CBF deve entrar com um recurso para tentar cassar a liminar. A eleição aconteceria às 10h30 desta quarta, com segunda convocação prevista para 11h30.Fonte: Bahia Notícias

Deixe uma resposta