Locutor de carro de som deixa áudio para seu próprio velório: ‘Levem drinks e quitutes’

O anúncio do falecimento de pessoas por meio de um carro de som é uma prática comum em algumas cidades do interior do Brasil. Os locutores percorrem as vias do município informando a morte da vez e local do velório para que a população possa comparecer. E foi em Mirandópolis, em São Paulo, que um desses locutores conseguiu realmente atrair as atenções para seu comunicado. Isso porque ele anunciou a própria morte.

Em 2015, o locutor João Geraldo Roveri, de 65 anos, decidiu deixar um áudio descontraído para o momento de sua partida e deixou instruções para que o arquivo fosse reproduzido quando a hora chegasse. Ele acabou falecendo no último sábado (2), vítima de um infarto, segundo informações do G1.

No anuncio, João dispara: "Atenção, comunicamos nota de falecimento. Faleceu, nesta cidade, esse que vos fala. Aguardo a sua presença no velório municipal para os nossos últimos contatos. Favor levar drinks e quitutes. E, atenção, caso não possa ir, venho lhe buscar."

João foi sepultado no domingo (4), com a presença de amigos, familiares e moradores que receavam a promessa de que o locutor iria buscar pessoalmente os faltosos.

Correio 24hs

Deixe uma resposta