Jada Pinkett Smith, mulher de Will Smith, comenta tapa em Chris Rock no Oscar

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Na manhã desta terça-feira (29), Jada Pinkett Smith se pronunciou pela primeira vez sobre o tapa que seu marido, o ator Will Smith, deu no comediante Chris Rock para defendê-la de uma piada com a sua calvície, provocada por uma doença autoimune.

"Esse é um tempo de cura e eu estou aqui para isso", publicou ela, em uma imagem sóbria em seu Instagram.

O comentário foi direto e alusivo, diferente da postagem que Will Smith fez na noite de segunda (27), pedindo desculpas publicamente a Chris Rock, classificando o evento como "imperdoável" e que "não há lugar para a violência".

Na ocasião, quando recebeu o prêmio de melhor ator por "King Richard: Criando Campeãs", pediu desculpas à Academia e, nas redes sociais, reiterou o perdão. A organização investiga a situação e pode puni-lo, ainda que tenha poucas chances de perder o prêmio.

As celebridades se dividiram nas redes sociais, ora defendendo a atitude de Smith, que considerou a piada com a alopecia da mulher –que, na piada, é comparada à G.I. Jane, uma personagem fictícia careca–, ora a favor da liberdade do humorista, que não deveria ter pagado pela brincadeira com violência.

Nisso, o próprio Richard Williams, pai das tenistas que Venus e Serena Williams que Smith levou às telonas, criticou a atitude da celebridade.

Noticias ao Minuto

Deixe uma resposta