Guto avalia que ‘gol cedo trouxe tranquilidade’, e que o Bahia ‘tomou conta da partida’

A goleada sobre o Londrina, nesta terça-feira (3), na Arena Fonte Nova, fez o técnico Guto Ferreira rasgar elogios ao time do Bahia. Com o placar de 4 a 0, o Esquadrão voltou à liderança da Série B, agora com 13 pontos conquistados em seis jogos, e foi eficiente em um aspecto que vinha pecando: finalizações. "Volto a falar: o Bahia vinha criando, por detalhes não estava acontecendo. O gol cedo trouxe tranquilidade, e o Bahia soube se postar dentro de campo, tomando conta da partida", pontuou, em entrevista coletiva. Na visão do comandante, o momento do Esquadrão "é muito bom", mas é preciso cautela. "Não podemos empolgar. Pé no chão, firme e forte. O momento de estar em cima você fica extremamente visado. Para se manter, da primeira a última rodada lá em cima, não é para qualquer um. Espero estar entre os quatro para atacar o acesso e quem sabe até coisa maior no final", pregou. Perguntado sobre o porquê o time não se abalou com a derrota para o Ituano, na última rodada, o técnico foi assertivo. "Poderíamos estar abalados se tivéssemos começado mal a competição. Quem vence na vida são os resilientes. Aqueles que confiam. Você pode cair 10 vezes, se souber levantar 11 você está triunfando na 11ª. Esse é o comportamento. Isso não quer dizer que não vamos cair. Vamos ter jogos que vamos perder. O importante é estar visando o triunfo", analisou. O Esquadrão volta a campo na próxima terça-feira (10), contra o Azuriz, pela terceira fase da Copa do Brasil. Após empate em 0 a 0 no jogo de ida, na Arena Fonte Nova, o Tricolor precisa vencer para avançar às oitavas de final. "Temos que jogar. Criar situações, dentro do que eles nos oferecerem de espaço, o mínimo que seja, para poder fazer gol. Fazendo um gol na frente deles, tudo pode mudar. Temos esses dias para criar algum tipo de alternativa", projetou Guto. O técnico já adiantou que não terá o atacante Rodallega, que se recupera de lesão, à disposição.Bahia Noticias

Deixe uma resposta