Fiscalização apreende mais de 170 aves em condições de maus-tratos dentro de veículo em Encruzilhada

Cerca de 174 aves silvestres em situação de maus-tratos escondidas em veículo foram apreendidas na BR-116, no trecho do município de Encruzilhada, sudoeste da Bahia, na tarde desta quarta-feira (24). As informações são da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

De acordo com a PRF, policiais faziam fiscalização no KM 932, quando abordaram um veículo com placa de Itaperuna, no Rio de Janeiro. Durante a fiscalização, a equipe solicitou os documentos ao motorista, que demonstrou desconforto com a ação policial.

Segundo a PRF, os policiais realizaram uma revista no veículo e encontraram as aves silvestres. Entre as espécies resgatadas haviam canários, cardeais, coleiros, tico-tico e cestinhas. Três aves foram encontradas mortas.

Na ação, os policiais encontraram também a espécie Azulão, pássaro que tem como habitat a região da caatinga, e segundo a PRF, tem sido alvo de tráfico de animais silvestres, sendo capturados e levados para todo o país e até para o exterior por causa da aparência e canto da ave.

Ainda de acordo com a PRF, os animais estavam aprisionados e foram encontrados no assoalho e no banco traseiro do carro em seis gaiolas, cobertos por lençol, sem ventilação e iluminação.

Segundo a PRF, o motorista assumiu a responsabilidade pelos animais e disse não ter autorização do órgão ambiental para criação das aves. Ele disse também que adquiriu os pássaros por R$ 860, na região de Vitória da Conquista, também no sudoeste.

A PRF informou que o motorista tem 66 anos, mora no Rio de Janeiro e é reincidente no crime. Ele foi encaminhado a delegacia e deve responder por crime contra o meio ambiente, com agravantes previstos na Lei 9.605/98.

Já os pássaros foram encaminhados para o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), onde devem passar por um processo de reabilitação para voltarem à liberdade.

Na tarde de terça-feira (23), durante outra operação da PRF e Inema resultou na apreensão de 149 aves silvestres e um jabuti em de Vitória da Conquista.

FORTE NA NOTICIA

Deixe uma resposta