Fiéis lotam missa na Basílica de Salvador contra a guerra na Ucrânia

As orações pela paz mundial, principalmente pelo fim da guerra entre a Rússia e a Ucrânia, ganharam reforço, nesta sexta-feira (25), em uma missa presidida pelo Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Sérgio da Rocha, na Catedral Basílica da capital, no Terreiro de Jesus. Durante a celebração e o ato de consagração da humanidade ao Imaculado Coração de Maria, os fiéis se comoveram e cantaram juntos.

A missa foi realizada atendendo ao pedido do Papa Francisco, dirigido aos bispos do mundo inteiro. O Santo Padre consagrou, ainda nesta sexta, às 13h, os países à Virgem Maria. Logo em seguida, bispos por todo o mundo começaram a renovar esta consagração, pedido do pontífice para toda a Igreja.

"Peço a todas as comunidades diocesanas e religiosas que aumentem os momentos de oração pela paz", disse.

Na audiência geral de 23 de fevereiro deste ano, o Papa pediu um dia de oração e jejum pela paz na Ucrânia na Quarta-feira de Cinzas, dizendo: "Que a Rainha da Paz preserve o mundo da loucura da guerra".

Este é um momento importante na vida da Igreja. Na aparição de 13 de julho de 1917, em Fátima, Portugal, Nossa Senhora pediu que a Rússia fosse consagrada ao seu Imaculado Coração, afirmando que, se este pedido não fosse atendido, o país espalharia "seus erros pelo mundo, promovendo guerras e perseguições à Igreja. Os bons serão martirizados, o Santo Padre sofrerá muito, várias nações serão destruídas", disse a Virgem Maria aos três pastorinhos.

A programação religiosa foi transmitida, em tempo real, pelo canal youtube.com/arquidiocesedesalvador e pela Rede Excelsior de Comunicação (AM 840 e FM 106.1). A Rede Excelsior também retransmitiu, a partir do canal da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o ato de consagração do Papa.

Fonte: Correio 24hs

Deixe uma resposta