Fabiano Soares é demitido após derrota do Vitória para o Botafogo-SP

Técnico Fabiano Soares não comanda mais o Vitória

Fabiano Soares não é mais o técnico do Vitória. A demissão do treinador ocorreu na noite deste domingo (19), após a derrota por 1×0 para o Botafogo-SP, no Barradão, em jogo válido pela 11ª rodada da Série C do Brasileiro.

"Infelizmente as coisas não estão acontecendo como a gente previa. Os resultados não são bons. Nós precisamos tomar alguma ação que mude o caminho do Vitória e, portanto, nós decidimos, junto à diretoria, pelo desligamento do Fabiano Soares", afirmou o executivo de futebol do Vitória, Rodrigo Pastana, em pronunciamento realizado pouco depois do apito final do jogo.

Fabiano Soares foi o terceiro treinador a comandar o Vitória na temporada. Respaldado por Rodrigo Pastana, ele chegou à Toca do Leão em abril, para ocupar o cargo que antes tinha sido de Geninho. Dado Cavalcanti foi o primeiro técnico a treinar o elenco.

Soares deixa o clube após nove jogos e um aproveitamento de 40,7%. Foram três triunfos, dois empates e quatro derrotas. Ele assumiu o time depois da 3ª rodada da Série C, na 18ª posição, sem pontuar. Atualmente, o Vitória é o 16º colocado, com 11 pontos, a um da zona de rebaixamento. A distância para o G8 é de cinco pontos.

"Agradeço a todos e mais uma vez eu queria pedir desculpas à nossa torcida, que realmente vem contribuindo, apoiando e não merece infelizmente o que nós estamos construindo. Nós precisamos mudar o nosso caminho e vamos tentar através da troca de treinador", reafirmou o gestor, que não citou possíveis nomes a serem contratados para a continuação do trabalho na Série C.

"Não temos nomes, mas estamos convictos que precisa ser alguém que entenda a gravidade do momento, que entenda a situação que o Vitória está passando", projetou Pastana. O Vitória volta a entrar em campo no sábado (25), às 19h, quando visita o Altos, no estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina, no Piauí.

Correio 24hs

Deixe uma resposta