Fabiano Soares destaca apoio da torcida e atitude do Vitória contra o Confiança

Na estreia como titular, Rafinha marca dois gols para o Vitória

Neste domingo (22), o Vitória não passou aperto e bateu o Confiança por 3×0, no Barradão, em jogo válido pela 7ª rodada da Série C do Brasileiro. Gabriel Santiago e Rafinha (duas vezes) construíram o placar.

Fabiano Soares mandou o Vitória a campo com nove novidades. Apenas o goleiro Lucas Arcanjo e o meia Dionísio foram mantidos entre os titulares. Durante entrevista coletiva concedida após o apito final, o técnico falou sobre as mudanças.

"Nós jogamos quarta, a intensidade tinha que ser alta, então preferi colocar jogadores descansados. Queria intensidade e consegui. A torcida ajudou, queria mostrar para eles que podíamos fazer mais. Acho que foi por aí que eu busquei o jogo de hoje", afirmou o treinador.

O triunfo diante do Confiança aconteceu após conversa com o elenco. "Nós tivemos uma reunião aqui no clube com os jogadores. Mostramos que todo mundo está remando para o mesmo lado. A atitude foi muito boa. O Botafogo-PB nos ganhou com uma jogada de quem ganha de equipe juvenil. Mas acho que a reunião ajudou a sintonizar melhor todos no clube e conseguimos mostrar em campo a união desse grupo", contou.

"Levo 20 dias aqui. O time está começando a assimilar minha maneira de jogar. A torcida pode esperar um time valente, proativo. Espero muitas vitórias pela frente", completou Fabiano Soares.

O comandante do Vitória também destacou o papel da torcida. Na noite deste domingo, pouco mais de 5 mil pessoas estiveram presentes no Barradão.

"Não podemos pedir nada para a torcida. Temos só que ser gratos. Eles deram um show hoje. Eu imagino esse campo com nosso time ganhando três, quatro, cinco jogos. Vai ser fantástico. Pouco a pouco chegamos lá. Temos muitas batalhas por aí. Esperamos que o time se demonstre intenso para manter essa relação entre torcida e jogadores".

Fabiano Soares contou que ainda não chegou à formação ideal, mas que tem feito adaptações. "Eu tenho um modelo de jogo que eu gosto, mas com o tempo eu vi que não tínhamos jogadores tão rápidos como eu queria. Tivemos que mudar, e a coisa funcionou. Deixamos os corredores para os laterais, que conseguiram colocar velocidade. Pisamos na área também, a gente não tinha isso, jogadores dentro da área. Hoje deu certo".

Questionado durante a entrevista coletiva sobre uma possível contratação do centroavante Rodrigão, Fabiano Soares evitou falar sobre o assunto. O jogador de 28 anos defende o Sport, mas só tem contrato até o final deste mês.

"Eu não falo de jogadores que não são do Vitória. Fizemos uma grande exibição, estamos todos de parabéns. O primeiro gol é mérito deles. Depois fizemos o segundo e o terceiro. O Rodrigão não sei se vem, se vier vai ser falado mais na frente. Agora temos que falar sobre hoje, sobre a relação entre os jogadores e a torcida", encerrou.

O Vitória terá a semana inteira para treinar, pois só volta a entrar em campo no sábado (28), quando visita o Campinense, às 17h, no estádio Amigão, em Campina Grande. Fora da zona de rebaixamento da Série C, o Leão ocupa a 16ª colocação, com sete pontos.

Correio 24hs

Deixe uma resposta