Esposa é suspeita de envolvimento na morte de professor na Bahia

Mulher de professor é apontada como suspeita em participar do crime – Foto: Reprodução.

Luiz Carlos Silveira Santos, de 55 anos, foi morto a facadas dentro de casa.

A esposa do professor e vice-diretor do Colégio Estadual Jonh Kennedy, em Santa Cruz da Vitória, sul da Bahia, Luiz Carlos Silveira Santos, 55 anos, morto a facadas na última quinta-feira, 17, foi levada para o Complexo Policial de Itabuna por suspeita de envolvimento no crime.

Luiz Carlos foi atingido dentro da casa onde morava com a agora suspeita Renata Almeida Silveira Barbosa, 30 anos, que inclusive acionou a polícia afirmando que um homem teria invadido o imóvel do casal, esfaqueado o marido e a mantido como refém.

O suspeito foi detido horas depois em uma fazenda e negou que tivesse mantido a mulher como refém. De acordo com a polícia, Rafael Salles Santos, 19 anos, informou que não entrou na casa para roubar.

Rafael disse ser amante de Renata e que o professor Luiz Carlos foi morto após chegar em casa e descobrir a traição. Rafael contou que Luiz Carlos pegou uma faca e o atacou, mas acabou dominado e morto.

O criminoso disse ainda que Renata assistiu a tudo e ajudou a colocar o corpo do marido em um guarda-roupa além de limpar os vestígios do crime. A Tarde

Deixe uma resposta