Em último jogo no país pelas eliminatórias, Brasil vence o Chile com tranquilidade

Em seu último jogo no país pelas eliminatórias, o Brasil venceu o Chile por 4 a 0, no Maracanã. Com gols de Neymar, Vinícius Júnior, Philippe Coutinho e Richarlison, a Seleção comandada por Tite não deu brecha para o adversário e dominou a partida. Já classificado, o Brasil agora enfrenta a Bolívia, em La Paz, na próxima terça-feira (29), às 20h30. O Chile, por sua vez, brigará, na última rodada, por uma vaga na repescagem. A seleção possui 19 pontos, dois a menos que o Peru, quinto colocado. Os quatro primeiros já estão garantidos no Catar: Brasil, Argentina, Equador e Uruguai. O JOGO Diante da defesa de três zagueiros utilizada pela seleção chilena, a Seleção Brasileira demorou para encontrar espaços. A primeira chance veio de um cruzamento de Neymar, aos 22 minutos. Thiago Silva desviou de cabeça e obrigou Bravo a defender no susto. Aos 36 minutos, Vinícius Júnior encontrou Neymar dentro da área. O camisa 10 tentou tocar na saída de Bravo, mas o goleiro saiu bem para abafar. Porteira aberta A porteira abriu aos 41 minutos, quando Neymar sofreu pênalti. O próprio atacante foi para a cobrança, e, com categoria, anotou o primeiro do Brasil na noite. Vinícius Júnior ampliou aos 45. Após belo passe de Antony, o ponta invadiu a área e fuzilou de esquerda, sem chance para o goleiro. Susto chileno Vidal chegou a marcar para o Chile no primeiro minuto do segundo tempo, mas o gol foi anulado porque o meia estava impedido. Mais um pênalti Depois disso, o Brasil voltou a dominar. Aos 26 minutos da etapa final, o árbitro assinalou novo pênalti, dessa vez em cima de Antony. Philippe Coutinho foi o autor da cobrança e, também com categoria, ampliou. A conta fechou aos 45 minutos, quando Richarlison recebeu na direita, cortou para o meio e colocou no cantinho de Bravo. FICHA TÉCNICA Brasil 4 x 0 Chile Eliminatórias sul-americanas – 17ª rodada Data: 24/03/2022 (quinta-feira) Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ) Horário: 20h30 Árbitro: Dario Herrera, da Argentina Assistentes: Gabriel Chade e Facundo Rodriguez, ambos da Argentina Cartões amarelos: Casemiro, Lucas Paquetá, Neymar e Vinícius Júnior (Brasil) / Medel e Paulo Díaz (Chile) Gols: Neymar, Vinícius Júnior, Philippe Coutinho e Richarlison Brasil: Alisson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Guilherme Arana; Fred (Fabinho), Casemiro (Bruno Guimarães) e Lucas Paquetá (Philippe Coutinho); Antony (Richarlison), Neymar e Vinícius Júnior (Martinelli). Técnico: Tite. Chile: Bravo; Isla, Medel, Paulo Díaz, Roco (Montecinos) e Suazo; Baeza (Ronnie Fernández), Aránguiz e Vidal; Vargas (Meneses) e Alexis Sánchez. Técnico: Martín Lasarte.Fonte: Bahia Notícias

Deixe uma resposta