Elenco do Bahia assume jogo ruim contra o Sport: “Temos que ter vergonha”

Foto: Vitor Tamar/EC. Bahia

O Bahia foi até a Arena Pernambuco, em Recife, na noite da útima quinta-feira, 18, e levou a pior no clássico contra o Sport, terminando a rodada na zona de rebaixamento do Brasileirão. Com rendimento abaixo do esperado, o Tricolor criou pouco ofensivamente e ainda sofreu o gol da derrota após falha do zagueiro Conti. Com o resultado, o Esquadrão se complica na Série A, e à seis rodadas do término da competição volta ao Z4

Na saída de campo, o goleiro Danilo Fernandes lamentou o desempenho da equipe e demonstrou descontentamento pelo futebol apresentado.

‘‘Só depende da gente. Tirar de lição o que fizemos de horrível no jogo. Principalmente no primeiro tempo, nunca vi um jogo tão fácil. Respeito o Sport, mas era um jogo para a gente ter feito, no mínimo, dois ou três gols. Uma derrota horrível. Tem que ter vergonha na cara, assimilar o golpe. Não é o Bahia que estamos acostumados a ver. Que sirva de lição. Temos mais jogos pela frente. Nossa honra que está em campo. A gente tem que voltar a fazer o que estava fazendo porque hoje não foi o Bahia que estamos acostumado a ver em campo’’, declarou em entrevista ao Premiere.

A má atuação também foi reconhecida pelo treinador Guto Ferreira, que após sete rodadas de invencibilidade conheceu a sua segunda derrota consecutiva. Ele também pediu apoio da torcida para os jogos da reta final do campeonato.

‘‘Acho que a equipe esteve bem aquém do que a gente vinha jogando, infelizmente. A atuação culminou nessa derrota, que não estava nos planos. Nós perdemos uma batalha mas não perdemos a guerra. A gente sabia que não ia ser fácil. Talvez essa situação, de achar que seria um pouco mais fácil é porque tivemos uma sequência de sete jogos sem perder. Mas aconteceram duas derrotas seguidas. Agora temos dois jogos em casa. Dos últimos seis jogos, temos quatro em casa. Temos que fazer a lição de casa. Mais do que nunca, precisamos do nosso torcedor empurrando, fazendo a diferença, como sempre fez’’, ressaltou o técnico tricolor.

Já o centroavante colombiano Hugo Rodallega, provável substituto do artilheiro Gilberto – suspenso por acumulo de cartões amarelos – no ataque do Tricolor, utilizou suas redes sociais para pedir desculpas a e convocar a torcida para a partida contra o Cuiabá. “Hoje pedimos desculpas porque dói muito perder, mas no domingo em nossa casa faremos a nossa presença ser sentida todos juntos”, publicou.

Na 17ª posição e com 36 pontos, o Bahia volta a campo no próximo domingo, 21, às 19h (horário de Brasília), na Arena Fonte Nova, buscando se recuperar diante do Cuiabá e deixar a zona de rebaixamento. O Tricolor está a três pontos do Atlético Goianiense, primeiro time fora da zona maldita. A Tarde

Deixe uma resposta