Dupla Ba-Vi e outros clubes do Nordeste vão participar do Campeonato de Futebol Eletrônico

Com os campeonatos dos gramados parados, os clubes brasileiros estão buscando novas formas de contornar a crise durante a pandemia e incentivar os torcedores com suas paixões pelos times mesmo durante o isolamento. Por isso, agremiações no Nordeste, e de outras regiões do Brasil, decidiram participar do Campeonato de Futebol Eletrônico.

Equipes como o Bahia, Vitória, Sport, Náutico, América-RN, ABC, CSA, Confiança, Sergipe, Moto Club, Botafogo-PB e Treze já integram como participantes da etapa regional na primeira edição do torneio desenvolvido pelo SporTI, em parceria com a AL Sports.

“Com milhões de jovens e adultos recolhidos em suas casas, a temporada de competições de futebol eletrônico surge como uma excelente possibilidade manter o relacionamento com a torcida e com os sócios do clube”, explicou Cristian Gomes, diretor executivo da SporTI. 

As equipes do futebol baiano já haviam anunciado as partidas eletrônicas para os sócios-torcedores. Tanto o Bahia, quando o Vitória, divulgaram que iriam oferecer os torneios nas plataformas Xbox One e Playstation dos jogos Fifa 20 e PES 2020 para selecionar os campeões de cada clube. 

Além de oferecer diversão para as torcidas e integração entre elas e os times do coração, a iniciativa do do Campeonato de Futebol Eletrônico também permite que os clubes possam buscar renda durante a crise. “A iniciativa tem o objetivo de gerar receita em meio a pandemia causada pelo COVID-19 e se tornar um produto que agregue valor aos programas de sócio-torcedor”, comentou o diretor da SporTI.

A plataforma para o torneio foi desenvolvida pela empresa paulista de tecnologia e permite que as equipes coloquem suas marcas e a de seus patrocinadores na competição. “Além de explorar a paixão, possibilitamos aos clubes uma renda alternativa”, explicou Arthur Lobo, intermediário e diretor da AL Sports.

A Liga Nordeste de E-Sports vai integrar os campeões dos torneios de cada clube participante. Após o término dessas temporadas iniciais, será realizado o campeonato regional. “É um projeto que surgiu com objetivo de inovar o mercado. Sem dúvidas será um sucesso”, finalizou Arthur Lobo.

bahia noticias


Deixe uma resposta