Dono de restaurante é morto a facadas por funcionário em São Paulo

Um funcionário matou a facadas o dono do restaurante onde trabalhava em Piracicaba, interior de São Paulo, na manhã deste domingo (20). Em depoimento à Polícia Civil, o autor do homicídio confessou o crime e informou que, há dez anos, em uma viagem, o patrão teria abusado de sua mulher e sua filha, e esta teria sido a motivação do crime, informou o g1.

Ele também disse que, antes de desferir os golpes, não houve nenhuma discussão ou briga entre os dois.

A Polícia Militar informou que o trabalhador deu várias facadas no patrão, sendo que duas atingiram as costas e o tórax. Carlos Alberto Camargo, empresário de 48 anos, morreu no local.

O suspeito foi contido por outros trabalhadores do estabelecimento e, em seguida, acabou preso pela PM, que fazia patrulhamento pela região. Ele trabalhava no restaurante como churrasqueiro havia oito anos. Segundo a polícia, ele ficou um tempo afastado e voltou a trabalhar há uma semana.

Nas redes sociais, o restaurante informou que fechará as portas hoje por luto: "Nosso saudoso Carlinhos foi morar no céu". Ainda não há informações sobre velório e sepultamento.

Fonte: Correio 24hs

Deixe uma resposta