Desfile da grife Balenciaga vira meme nas redes sociais: “Desfilou na força do ódio”

A grife francesa Balenciaga voltou a ser um dos assuntos mais comentados na internet no último domingo, 22, após exibir sua nova coleção de primavera em um desfile na Bolsa de Valores de Nova York, nos Estados Unidos. As roupas assinadas pelo estilista e diretor criativo da marca, Demna Gvasalia, divertiram os internautas.
Durante o desfile, os modelos usaram peças que cobriam totalmente os corpos e máscaras de látex nas cabeças. Em entrevista à Vogue, Gvsalia explicou que, para a moda, o dinheiro não tem mais rosto, corpo e nem cor. O conceito não foi tão compreendido assim pelo público, que classificou a coleção como de “dar medo” nas redes sociais.

Foto: Reprodução

Além das combinações diferentes, outro elemento que também chamou atenção foi a forma de desfilar de uma modelo. Vestida de preto da cabeça aos pés, a mulher tinha ombros curvados e atravessou a passarela com passos mais fortes e rápidos. “Desfilou na força do ódio”, brincou uma pessoa no Twitter.

Não é a primeira vez que a marca levanta debates na internet. No início deste mês, a grife lançou uma coleção de tênis sujos e rasgados que custavam em média R$ 10 mil. A tendência “destroyed” foi destaque nas redes sociais ao questionarem a “glamorizarão da miséria”.

Para o desfile que aconteceu neste fim de semana, a escolha dos looks foi o oposto. As peças luxuosas faziam alusão à estética de dominação, sadomasoquismo e submissão. Os trajes eram todos feitos de couro e látex, mantendo o padrão já conhecido das grifes de luxo.

No mesmo evento, a Balenciaga ainda divulgou sua recém parceria com a marca de roupas esportivas Adidas, apresentando as novas peças da colaboração.

Clique aqui e assista ao desfile completo

Correio 24hs

Deixe uma resposta