Cresce número de brasileiros que temem ser infectados pelo coronavírus, indica pesquisa

A maioria dos brasileiros admite que tem medo de ser infectado pelo novo coronavírus, como mostra um levantamento feito pelo Instituto Paraná Pesquisas. De um total de 2.200 pessoas entrevistadas em 192 municípios, 66,5% revelou esse temor. 

O número é maior do que o registrado na pesquisa feita em março, quando 60,6% disseram que temem a doença. Por outro lado, os destemidos representam 30,3% do total enquanto 3,2% dos entrevistados não sabem ou não opinaram a respeito da questão.

Imagem: Instituto Paraná Pesquisas

Esse resultado não é estranho se relacionado aos dados oficiais do Ministério da Saúde. Até a tarde deste domingo (10), o Brasil registrou 155.939 casos confirmados, ocupando o lugar de oitavo país com mais diagnósticos da doença, e 10.627 mortes em decorrência da Covid-19. Na sexta (8), teve recorde de mortes em 24 horas, com 751 novos registros.

Diante desse quadro, diversas cidades estendem seu período de isolamento e algumas já decretaram lockdown, como Fortaleza, no Ceará, Belém, no Pará, e São Luís, no Maranhão. Em Salvador, na Bahia, medidas mais restritivas foram determinadas em três localidades . Elas passarão a valer a partir desta segunda-feira (11).

Ainda assim, quando a pesquisa pergunta se o entrevistado se manteria em isolamento social enquanto for necessário, independente do impacto econômico, não há maioria. Do total, 49,9% disseram que se manteriam isolados enquanto 45,5% disseram que não. Outros 4,5% não sabem ou não responderam o questionamento. 

No mesmo levantamento, 82,8% dos brasileiros confirmaram que foram impactados financeiramente pela pandemia.

O Paraná Pesquisas realizou as entrevistas de terça (5) a sexta-feira (8). Com grau de confiança de 95%, o questionário tem margem de erro de 2%. (Bahia Notícias)

Deixe uma resposta