Conselho do Palmeiras aprova contas de 2021 com receita de quase R$ 1 bilhão

O Conselho Deliberativo do Palmeiras aprovou as contas do ano de 2021 na noite desta segunda-feira (28). Foram 181 votos a favor, 29 abstenções e apenas um contra. O balanço financeiro registrou uma receita operacional líquida recorde de R$ 910 milhões, além de R$ 123 milhões de superavit contábil. As contas foram do último ano da gestão do ex-presidente Maurício Galiotte. A apresentação dos resultados foi feita pelo próprio dirigente. Os bons números foram alcançados também pelo desempenho do time em campo durante a pandemia do novo coronavírus, já que uma grande fatia foi da maior parte da premiação do título da Libertadores de 2020, que só foi pago no ano passado, além do bicampeonato conquistado em novembro. No último ano, o Palmeiras ainda teve uma queda no valor das dívidas. Em 2020, o clube terminou o ano de 2020 com um passivo de R$ 766 milhões, mas a quantia caiu para R$ 596 milhões em 2021. Apesar de manter o equilíbrio financeiro, a nova presidente Leila Pereira já declarou que o Palmeiras apresenta problemas no fluxo de caixa.Bahia Noticias

Deixe uma resposta