Conselho do Bahia adere a parecer do Conselho Fiscal sobre contas de 2021; saiba detalhes

Em reunião virtual na noite da última terça-feira (29), o Conselho Deliberativo do Bahia aderiu ao parecer do Conselho Fiscal sobre as contas do Bahia em 2021. Agora, a aprovação do exercício da última temporada vai ser decididas pelos sócios do clube em Assembleia Geral Extraordinária (AGE). O Conselho Fiscal do Bahia deu “ok” para o último exercício do Bahia, no entanto, ressaltou alguns problemas como o nos recolhimentos mensais devidos dos tributos, encargos previdenciários e trabalhistas. Outro fator foi a migração das suas dívidas tributárias e previdenciárias inscritas no PROFUT, parcelamentos ordinários e impostos em aberto para o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (PERSE), que permite o parcelamento das dívidas, obtenção de crédito e isenção tributária. Os membros também relataram um “elevado desembolso” com multas e juros por atrasos nos pagamentos dos empréstimos de tributos e fornecedores, totalizando R$ 6,5 milhões. Também foi detectada a falta do pagamento do 13º salários e o não recolhimento de encargos incidentes sobre a folha de pagamentos e tributos como IRRF, ICMS, FGTS E PIS. Os conselheiros também decidiram, por maioria (40 a 35), não emitir advertência complementar na aprovação. A data da AGE ainda será divulgada pelo clube. Veja detalhes obtidos pela reportagem do Bahia Notícias (clique nas imagens para ampliar): Foto: Reprodução / EC BahiaBahia Noticias

Deixe uma resposta