Coletivo realiza aula de yoga no MAM ao pôr do sol da Baía de Todos-os-Santos

O pôr do sol da Baía de Todos-os-Santos, o som e o cheiro do mar. Essas foram as sensações vivenciadas por quem participou da aula de yoga gratuita, no Museu de Arte Moderna (MAM), na tarde deste domingo (29), promovida pelo Coletivo Ser Yoga (CSY). O projeto é realizado desde 2018 e essa foi a primeira aula de 2022, que contou com cerca de 100 alunos.

A instrutora de yoga Victoria Goulart, de 26 anos, que conduziu a aula, explicou que a iniciativa surgiu para que a prática pudesse ser mais acessível. “A ideia é que as pessoas conheçam, experimentem e sintam essa possibilidade de adentrar dentro do seu próprio corpo, na sua própria experiência, no seu ambiente interno. É isso que o yoga te permite fazer”, afirmou.
Victoria ressaltou a diferença de praticar o yoga em locais fechados, como academias, e em ambientes abertos, em contato com o mar e com o sol. “Praticar o yoga em contato com a natureza, nós que também somos parte dela, faz a gente se perceber dentro de tudo isso e não como uma coisa apartada. Além disso, tem toda a importância do MAM para a cidade e que está tendo uma exposição linda e forte: Encruzilhada”.

A mostra que ocupa os espaços expositivos da Capela e do Casarão do Solar do Unhão propõe um diálogo entre o acervo moderno e contemporâneo do Museu e a Coleção de Arte Africana Claudio Masella do Solar do Ferrão (Dimus/IPAC).

O coletivo Ser Yoga (CSY) é composto por professores da Bahia capacitados pelo método tradicional do Hatha Yoga, através do YogaBahia, em associação ao Instituto de Ensino e Pesquisas em Yoga (São Paulo) e o Instituto do Kaivalyadhama (Lonavla, Índia).

“Não restringimos ninguém seja por gênero, cor, idade ou outras características”, explica uma das integrantes do CSY, Telma Bunni. Segundo ela, sempre utilizam espaços públicos para buscar acessibilidade, conexão e inclusão das pessoas. As pessoas que chegaram no local neste domingo sem o tapete emborrachado específico para a prática de yoga estenderam uma canga no chão e participaram da aula do mesmo jeito. Toda a dinâmica durou cerca de uma hora.

Benefícios do yoga
O yoga acalma os estímulos internos, traz uma percepção mais aguçada do corpo, das estruturas e do ambiente interno, fazendo com que o praticante crie uma intimidade consigo mesmo. “Acho que temos poucas possibilidades de vivenciar isso na correria do dia a dia, a gente vai se percebendo e se conhecendo. Além disso, o yoga também ajuda no foco, no equilíbrio e na concentração”, afirmou a instrutora Victoria.

A advogada Nany Figueiredo, 26, realizou a aula feita pelo coletivo e, para ela, o yoga ajuda com a saúde mental, diminui a ansiedade e conecta o praticante ao momento presente. “Eu me sinto mais conectada comigo mesma. Eu já pratico há um tempo, mas é diferente praticar aqui com essa vista linda e ainda mais sendo gratuito”, destacou.

Para o estudante Pedro Rocha, 21, que já pratica yoga e meditação, a aula também ajudou a vivenciar o presente. “Estamos aqui, agora, curtindo o que está acontecendo com paciência e calma. Chegamos ansiosos e no final da prática até o ato de falar é diferente. E fazer nesse local fantástico, com outras pessoas e com uma profissional é maravilhoso”, pontou.

Quem também estava na aula foi a administradora Lucidalva Malta, 46, com o seu filho Henri, 8. A criança, diferente da maioria, parou no seu tapete de yoga e seguiu todos os passos da instrutora. “Eu já pratiquei, não é um hábito, mas é um projeto de vida, e tento sempre inserir ele [o filho] nesses programas”, contou.

Segundo ela, o ambiente aberto traz uma conexão maior com a natureza e o sol também já tem uma energia de acolhimento e calma. “Eu fiquei mais calma depois da aula. Chegamos aqui estressados, tínhamos discutido, coisa de mãe e filho, e aqui descarregou, limpou totalmente. Foi a melhor coisa que eu poderia ter feito na minha tarde de domingo”, complementou.

*Sob orientação da chefe de reportagem Perla Ribeiro

Correio 24hs

Deixe uma resposta