Chris Rock não quis requerer BO à polícia por tapa de Will Smith no Oscar 2022

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O comediante Chris Rock se recusou a prestar queixa junto à polícia após ter recebido um tapa na cara desferido por Will Smith durante a 94ª edição do Oscar neste domingo (27). O Departamento de Polícia de Los Angeles confirmou a recusa de Rock à revista americana Variety.

Segundo o comunicado publicado pelo departamento de polícia da cidade, os órgãos investigativos competentes "estão cientes de incidente entre dois indivíduos durante o prêmio da Academia.

O incidente envolveu um indivíduo estapeando outro. O indivíduo envolvido se recusou a prestar queixa à polícia. Se a parte envolvida desejar prestar queixa posteriormente, o Departamento de Polícia de Los Angeles estará disponível para completar o relatório investigativo".

O conflito entre Smith e Rock aconteceu quando o comediante fez uma piada com a atriz Jada Pinkett Smith, com quem o ator é casado e que está com os cabelos raspados em decorrência de alopecia, doença que provoca queda capilar.

Após Smith subir ao palco e agredir Rock, que não revidou, o autor ainda recebeu o prêmio de melhor ator por seu papel em "King Richards: Criando Campeãs". No discurso, o ator pediu desculpas à Academia e aos indicados ao seu redor, mas não se referiu diretamente à agressão contra Rock. Citando o conselho que recebera de Denzel Washington pouco antes, ele disse: "Este é o seu maior momento, é quando o diabo vem tentá-lo".

Noticias ao Minuto

Deixe uma resposta