Chimpanzé de Michael Jackson ainda está vivo e mora em santuário na Flórida

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Morto há 15 anos, Michael Jackson deixou não só milhões de fãs e amigos inconsoláveis, mas também seu pet, o chimpanzé Bubbles. O animal, hoje com 40 anos, mora no Centro para Grandes Primatas em Wauchula, na Florida.

Além do macaco, o cantor tinha outros 125 animais selvagens em seu rancho Neverland, em Santa Barbara, Califórnia.

O destino desses animais 15 anos após a morte do rei do pop é abordado no documentário "Procurando pelo zoológico de Michael Jackson com Ross Kemp", disponível na plataforma de streaming Hub.

Segundo o documentário, Michael teria resgatado Bubbles, ainda filhote, em um laboratório de pesquisa biomédica em Austin, no Texas, em 1983.

O pet dormia em um berço no quarto do cantor, jantava sentado à mesa e até assistia filmes no cinema particular de Michael. O rei do pop chegou a levar Bubbles com ele para o Japão na turnê "Bad", em 1987.

Noticias ao Minuto

Deixe uma resposta