CBF pretende cobrar mais de R$ 7 milhões por cancelamento de amistoso contra Argentina

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) vai cobrar uma indenização de US$ 1,5, o equivalente a R$ 7,2 milhões, a Pitch, empresa inglesa que organiza amistosos pelo cancelamento do jogo da Seleção Brasileira contra a Argentina. O amigável aconteceria no dia 11 de junho, em Melbourne, na Austrália. O amistoso chegou a ser anunciado oficialmente pelos australianos com direito até a venda de ingressos. O técnico Tite também convocou o time Canarinho para o duelo contra os argentinos (lembre aqui e aqui). Sem o compromisso diante da Argentina, a Seleção vai até o continente asiático na próxima Data Fifa encarar a Coreia do Sul em Seul, no dia 2 de junho, e o Japão, em Tóquio, no dia 4. No dia seguinte, os atletas serão dispensados. Além da partida amistosa, outro encontro do Brasil com a Argentina pode não acontecer também. Trata-se do embate pelas eliminatórias da Copa do Mundo que foi suspenso pela Anvisa em setembro de 2021, por causa da entrada irregular no país de quatro jogadores argentinos. A Fifa remarcou o duelo para 22 de setembro, com mando de campo do time Canarinho. O impedimento para o jogo é devido aos recursos apresentados pela CBF e pela AFA que ainda serão julgados. Os argentinos recorreram ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) pedindo os três pontos sem precisar entrar em campo. A entidade brasileira também pede a pontuação. Com 17 jogos dos 18 possíveis disputados, Brasil e Argentina garantiram suas classificações para a Copa do Mundo de 2022 de forma antecipadas. O time Canarinho alcançou 45 pontos ficando com a liderança da tabela, enquanto a Albiceleste foi a vice-líder com 39.Bahia Noticias

Deixe uma resposta