Brasileira presa na Tailândia por tráfico será avisada da morte da mãe

Os advogados de defesa da brasileira presa na Tailândia em fevereiro conseguiram ajuda da Embaixada brasileira em Bangkok para avisar Mary Hellen Coelho sobre a morte da mãe. O agente consular deve entrar em contato com Mary na próxima segunda (18).

Thelma Coelho, mãe da jovem de 22 anos presa por tráfico de drogas, morreu na última quarta-feira (13) devido a um câncer de útero.

A defesa da brasileira inicialmente teve dificuldades de comunicação com a embaixada, devido à língua falada no país.

Quem é Mary Hellen?

A brasileira Mary Hellen Coelho Silva, 22 anos, está presa na Tailândia acusada de tráfico internacional de drogas. Ela foi detida, assim como outros dois brasileiros, ao desembarcar no aeroporto de Bangkok com 15,5 kg de cocaína nas malas.

A jovem sonhava em abrir uma loja de doces e bolos na cidade de Pouso Alegre, em Minas Gerais, onde mora. A mãe enfrentava o câncer há três anos e Mary Hellen sonhava em ajudar no tratamento.

Ela é a filha do meio de cinco irmãos e divia casa com um deles, a estudante de enfermagem Mariana Coelho, 27 anos. Para focar em trabalhar, ela deixou os estudos, mas fazia planos de voltar ao Ensino Médio esse ano.

Desde então, foram vários trabalhos. Ela vendeu roupas, trabalhou fazendo bolos e foi atendente de uma churrascaria, o último emprego antes de seguir para Tailândia. Uma semana antes da viagem, ela pediu demissão, mas não contou para ninguém da família.

Ao Uol, a irmã Mariana conta que Mary Hellen nunca teve envolvimento com o crime. Ela não tem passagem pela polícia. A jovem nunca tinha saído do país e a família não sabia da viagem.

Melhor amiga de Mary Hellen, Angelique Sanches acha que ela foi enganada por alguém para estar na situação. Ela criou uma campanha para que Mary Hellen cumpra a pena no Brasil.

Correio 24hs

Deixe uma resposta