Barcelona anuncia redução de salários do elenco devido à pandemia do coronavírus

Enquanto que no Brasil, clubes e jogadores discutem a redução ou não dos salários, na Espanha, o Barcelona anunciou que vai sim pagar menos ao seu elenco, incluindo o craque argentino Lionel Messi, e funcionários durante o período de quarentena. A decisão foi tomada pelo Conselho de Administração do clube na noite desta quinta-feira (26) em reunião realizada por videoconferência. A medida é para diminuir os efeitos econômicos causados pela paralisação do futebol no país por causa da pandemia do coronavírus.

“A paralisia do esporte na Espanha como consequência da pandemia do covid-19 significou a interrupção de todas as atividades, esportivas e não esportivas, do nosso clube. Diante desse cenário, o Conselho de Administração decidiu implementar uma série de medidas para mitigar seus efeitos e reduzir os efeitos econômicos dessa crise”, afirmou através de comunicado oficial. “Basicamente, é uma redução da jornada de trabalho, imposta pelas circunstâncias e pelas medidas de proteção adotadas e, como consequência, a redução proporcional da remuneração prevista nos respectivos contratos. Desejamos implementar algumas medidas, seguindo regulamentos formais de trabalho, sob os critérios de proporcionalidade e, acima de tudo, de capital”, continuou.

Devido ao crescente número de infectados pelo coronavírus, a Espanha entrou em quarentena desde o último dia 14 e as pessoas só podem sair de casa para realizar assuntos essenciais. Inicialmente, o período de recolhimento está previsto para terminar em 15 dias. O país já tem mais de 64 mil casos confirmados da doença Covid-19, com 4.858 óbitos. Os médicos espanhóis já curaram mais de sete mil pessoas.

Além do futebol espanhol, as competições europeias, principalmente a Liga dos Campeões, na qual o Barcelona ainda disputa, também foram suspensos por tempo indeterminado.

bahia noticias

Deixe uma resposta