Bahia registra uma morte e 881 novos casos covid-19 nas últimas 24 h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 881 casos de covid-19 (taxa de crescimento de +0,06%), 810 recuperados (+0,05%) e mais uma morte causada pela doença.

Dos 1.534.932 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.503.842 já são considerados recuperados, 1.358 encontram-se ativos e 29.732 tiveram óbito confirmado.

Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta terça-feira (5). Para acessar o boletim completo acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento temos 11.501.434 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.527.714 com a segunda dose ou dose única e 4.933.025 com a dose de reforço. Do público de 5 a 11 anos, 822.876 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 186.719 já tomaram também a segunda dose.

Desobrigação do uso de máscaras

O governador da Bahia anunciou a suspensão do uso obrigatório de máscaras em ambientes abertos, na manhã do último sábado (2). Em vídeo publicado no Instagram, Rui retira a máscara durante o anúncio e afirma que o decreto será assinado ainda neste sábado. Para o Governo do Estado, em espaços fechados, a exemplo do transporte público, a máscara segue obrigatória. Na ocasião, Bruno elogiou a decisão e defendeu uma ampliação da medida.

"Recebemos ontem à noite o parecer técnico da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) e hoje assino o decreto fazendo a liberação do uso de máscaras em ambientes abertos. Isso inclui estádios de futebol, por exemplo. Peço a colaboração de todos para que continuem se vacinando e usando máscaras em áreas fechadas, especialmente ambientes confinados, como ônibus, metrô e elevadores", disse o governador nas redes sociais.

Na última segunda (4), pela primeira vez desde o início dos registros de casos na Bahia, o estado ficou sem registrar nenhuma nova infecção pelo coronavírus.

Correio 24hs

Deixe uma resposta